segunda-feira, 23 de abril de 2012

HOJE É DIA DE SÃO JORGE.

AMOR

Só há uma grande potência sobre a Terra, que é o Amor. Obrigação sem amor nos faz insatisfeitos.
Verdade sem amor nos faz viciados em crítica.
Educação sem amor nos faz contraditórios.
Esperteza sem amor nos faz “sabichões”.
Responsabilidade sem amor nos faz desrespeitadores.
Justiça sem amor nos faz duros.
Amabilidade sem amor nos faz hipócritas.
Ordem sem amor nos faz mesquinhos.
Conhecimento sem amor nos faz "donos da verdade".
Poder sem amor nos faz violentos.
Honra sem amor nos faz orgulhosos.
Posses sem amor nos faz avarentos.
Fé sem amor nos faz fanáticos.
Coitados daqueles que economizam amor

sexta-feira, 20 de abril de 2012

Para quem quiser aproveitar o sossego do feriado, estaremos com a loja aberta amanhã, sábado dia 21 de abril, à partir das 10:00!



segunda-feira, 16 de abril de 2012

Meninas,
Nós adoramos arte e ilustrações mas quase nunca publicamos alguma coisa aqui no blog. Bom, fuçando encontramos uma artista francesa chamada Ëloide e não resisti! Ela se inspira em editoriais e retratos de moda para fazer sua arte, começando à mão e finalizando no cumputador. Mas, sem dúvida o que chama mais a atenção é a combinação de cores extraordinária junto com as texturas lindas:








domingo, 15 de abril de 2012

O QUE É MODA?


MODA

O QUE É A MODA? - por Fernanda Miranda


Há muito preconceito em relação à moda, em parte porque tem um caráter efêmero (muda sempre, e seu meio é a roupa) e porque ela tem a ver com a aparência, supostamente privilegiando o superficial . Muitas vezes, a moda também é vista como algo feito para iludir, disfarçar ser alguém que, na verdade não se é.

Quem a critica dessa forma certamente desconhece as implicações sociológicas e psicológicas da moda: coisas simples como sentir-se bem ao usar determinada roupa, vulnerável vestindo outra.

Porém a moda já deixou de ser sinônimo de futilidade e improvisação há muito tempo.

Então, o que é moda?

A palavra “moda” vem do latim modus, significa “modo”, “maneira”. É um sistema que acompanha o vestuário e o tempo, que integra o simples uso das roupas no dia-a-dia a um contexto maior, político, social, sociológico.

Pense no jeito em que as pessoas se vestiam nos anos 50 e depois nos 70. Essas mudanças é que são a moda. Ao retratar essas transformações, a moda reflete a sociedade à sua volta, sendo possível entender um grupo, um país, naquele período pela moda então praticada.

Um bom exemplo disso ocorreu durante a Primeira Guerra Mundial (1914-8), quando a mulher assumiu novos papéis (enquanto os homens lutavam nas trincheiras, as mulheres trabalhavam nas indústrias bélicas como empregadas). Suas roupas tiveram que ficar mais práticas; as saias foram cortadas, e aparece um novo comprimento, até a canela. Com as privações causadas pela guerra, surgiram novos materiais, inclusive o uso de tecidos poucos nobres.
A moda sempre andou em paralelo com a história e, desde seu aparecimento, a moda trazia em si um conceito estratificador. Apenas no final da Idade Média surgiu como conceito. Com o desenvolvimento das cidades e a aproximação das pessoas na área urbana, houve o desejo de imitar: os burgueses copiavam os tecidos, o jeito de se vestir e se portar da nobreza, que não ficou nem um pouco contente em se parecer com esses plebeus endinheirados (devido o comércio). Começaram então a criar códigos internos de vestir que mudavam rapidamente, antes que a burguesia tivesse tempo de copiá-los. Nesse período também foi criado as regras de etiqueta, com objetivo de diferenciar as origens. A nobreza então caiu, os burgueses tornaram-se os donos do mundo, e a moda “pegou”.

Aos poucos, a evolução do vestuário foi acontecendo... atualmente tratar de moda implica lidar com elementos os mais complexos, especialmente quando combinados. Tangemos valores como imagem, auto-estima, estética, padrões de beleza, inovações tecnológicas ( como os tecidos inteligentes: lidam com troca de calor, mantendo o corpo quente no frio e vive-versa, ou evitam até a criação de bactérias), top models, moda de rua, tribos, criatividade, talento, enfim... nada é eterno na moda. Talvez seja isso que a deixa tão fascinante.

Segundo o filósofo Manuel Fontán de Junco, "conseguiu estabelecer uma ponte entre a beleza e a vida. A moda é uma arte que se usa, que se leva para a rua; é uma arte de consumo a que todos têm acesso". E é fundamentalmente uma arte humana. Uma arte feita por e para o homem.

segunda-feira, 9 de abril de 2012

Os tão aguadados casacos CHEGARAM!!!


Não fiquem sem o seu!!! Corram, pois eles acabam rápido demais!!

LookBook "As Filhas da Mãe"













Gostaram Meninas? Esta coleção linda da`"As Filhas da Mãe" vocês só encontram aqui na Coisas de Marias!!

segunda-feira, 2 de abril de 2012

Mais novidades já na loja!!!

 Vestido Raio Laser
 Vestido Coração
 Vestido Jasmim
Vestido Beijo-Flor

 Vestido Guarda-Chuva
Vestido Penas

Rua Vergueiro, 2999 Vila Mariana - São Paulo/SP Fone: 11 27697908